Suzana Queiroga

Sobre o artista


Rio de Janeiro, 1961.
Vive e trabalha entre o Rio de Janeiro e Lisboa.

Estudou na Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde se graduou em 1983. Nos anos 1980 estudou no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Desde, 1985, leciona na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio de Janeiro. Em 2002 concluiu o Mestrado em Linguagens Visuais pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais, na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Participou da exposição Como Vai Você, Geração 80?, realizada na Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV/Parque Lage), no Rio de Janeiro, em 1984.

Em 2000, recebe a Bolsa RioArte, com o Projeto Pintura no Espaço Urbano – Outdoors. Recebe o 1º Prêmio Projéteis de Arte Contemporânea da Funarte com o projeto para a instalação Topos, em 2005. Em 2008, são publicados os livros Suzana Queiroga, texto de Paulo Sérgio Duarte, e Velofluxo, texto de Fernando Cocchiarale. Em 2012 recebeu o 5º Prêmio Marco Antônio Villaça e em 2015 o Prêmio Aquisição na XVIII Bienal da Cerveira, Portugal. Suzana, trabalha uma grande diversidade de meios em sua pesquisa, como pintura, escultura, infláveis e instalações. Sua obra está relacionada às ideias de fluxo e conexões de sistemas dinâmicos. A experiência proposta ao espectador, modifica a sua percepção e promove a expansão dos sentidos, do espaço e do tempo.